Portal do Governo Brasileiro
Sites de InteresseMapa do SiteOuvidoriaFale com o Inmetro
Página Inicial

Acreditação Nº 458
Data da Acreditação 10/12/2009
ACREDITAÇÃO VIGENTE Clique aqui para mais informações.
Última Revisão do Escopo 18/10/2021
Razão Social Estatica Instrumentação e Tecnologia Industrial Ltda.
Nome do Laboratório ESTATICA
Situação Ativo
Endereço Rua Assis de Souza Brasil, 741
Bairro Area Industrial II
CEP 88845000
Cidade Cocal do Sul
UF SC
Telefone (48) 3445-0054
Fax (48) 3445-0054

Grupo de Serviço de Calibração FORÇA, TORQUE E DUREZA
Gerente Técnico Luciano Colombo Pirola
Email luciano@estatica-metrologia.com.br

ESCOPO DA ACREDITAÇÃO - ABNT NBR ISO/IEC 17025 - CALIBRAÇÃO


Descrição do Serviço Parâmetro, Faixa e Método Capacidade de Medição e Calibração (CMC)

(Realizados nas instalações permanentes)

INSTRUMENTOS DE MEDIÇÃO DE TORQUE
Torquímetro Manual Sentido Anti-Horário30 N.m a 1500 N.m 0,5%
Método de comparação direta com calibrador padrão de torque
ABNT NBR ISO 6789:2009
Torquímetro Manual Sentido Horário30 N.m a 1500 N.m 0,5%
Método de comparação direta com calibrador padrão de torque
ABNT NBR ISO 6789:2009

(Realizados nas instalações do cliente)

INSTRUMENTOS DE MEDIÇÃO DE FORÇA DE USO GERAL
Instrumento de Medição de Força de Uso Geral em Compressão0,2 kN até 5 kN 0,006 kN
> 5 kN até 20 kN 0,016 kN
> 20 kN até 50 kN 0,061 kN
Método de comparação direta com padrão de força (célula de carga).
ABNT NBR 8197:2012.
Instrumento de Medição de Força de Uso Geral em Tração0,2 kN até 5 kN 0,006 kN
> 5 kN até 20 kN 0,016 kN
> 20 kN até 50 kN 0,061 kN
Método de comparação direta com padrão de força (célula de carga).
ABNT NBR 8197:2012.



Observações:

  1. A capacidade de medição e calibração (CMC) refere-se á menor incerteza que o Laboratório é capaz de obter, com uma probabilidade de abrangência ou nível da confiança de aproximadamente 95%. Caso o laboratório utilize mais de um método para realizar uma determinada calibração ou medição, a CMC se referirá ao método pelo qual o laboratório obtém a menor incerteza de medição. (Ver NIT-Dicla-021)
  2. A CMC identificada por um asterisco (*) não inclui todas as contribuições oriundas do instrumento ou padrão calibrado ou do dispositivo medido.
  3. O Laboratório poderá declarar em seus certificados de calibração, incertezas de medição maiores que a sua CMC, devido às contribuições relativas ás propriedades ou características do padrão ou instrumento de medição calibrado.